Mercúrio Retrógrado
- pensar (muito bem) antes de falar -

Por Helena Avelar

O planeta Mercúrio ficou retrógrado no passado dia 26 de Abril e só vai retomar o movimento directo no dia 20 de Maio. O planeta parou no grau 20 de Touro e vai recuar até ao grau 11 desse signo, voltando depois ao movimento directo.

O movimento retrógrado de Mercúrio indica geralmente uma fase de perturbação na comunicação: é mais difícil estabelecer contactos, as conversas podem dar lugar a mal-entendidos, todas as formas de telecomunicação (telefone, correio, fax, e-mail, etc.) parecem ficar confusas e menos eficazes. Pode também haver alguma dificuldade no funcionamento de aparelhagem electrónica, em especial os computadores (a maior parte das pessoas que tenta formatar um computador nesta época encontra ainda mais dificuldade e imprevistos do que os habituais).

Perante este quadro desanimador, há quem conclua que as épocas de retrogradação de Mercúrio são “negativas” e prenunciadoras de “problemas”. Há até quem vá ao extremo de desaconselhar o início de todas as actividades importantes nas fases de Mercúrio retrógrado. Trata-se, evidentemente, de um exagero.
Na verdade, estas fases não são, por si mesmas, negativas. Para quem souber aproveitá-las podem até ser das mais produtivas de todo o ano.

Como podemos, então, tirar o melhor partido destas fases? A resposta pode resumir-se em três palavras: repensar, aprofundar, aperfeiçoar.

Quando Mercúrio está retrógrado vemos as coisas numa perspectiva diferente da habitual; pormenores que dantes nos passavam despercebidos tornam-se agora muito importantes; podemos ver a realidade num contexto diferente do comum ou podemos começar a fazer associações de ideias totalmente inesperadas.

Todas estas modificações na percepção podem, a princípio, deixar-nos confusos. Como estamos perante situações pouco usuais, podemos também sentir que a comunicação se torna um pouco atabalhoada.

É nestas alturas que surgem toda a espécie de mal-entendidos. Importa, por isso, pensar bem antes de falar… e de escrever.

Note-se, contudo, que é precisamente nestas situações confusas que residem as grandes oportunidades de mudança e melhoramento.

Assim, uma fase de Mercúrio retrógrado é uma época excelente para repensar e aperfeiçoar os projectos já em curso. É muito natural que nesta altura experimentemos alguma forma de atraso, confusão ou dificuldade que nos leve a rever as nossas actividades. Se estivermos dispostos a repensar as coisas em novos moldes (em vez que insistir nos processos antigos), é muito possível que os projectos que estão, supostamente, a ser dificultados por Mercúrio retrógrado acabem por se aprofundar e expandir de formas totalmente imprevistas.

Por outras palavras: a dificuldade inicial pode tornar-se uma mais-valia, se estivermos dispostos a aproveitar a oportunidade que nos está a ser oferecida.

Uma época de Mercúrio retrógrado é também uma boa altura para rever matéria para um exame. Para quem tem um trabalho criativo, pode ser boa ideia aproveitar o período de retrogradação para fazer o trabalho “de bastidores”, aperfeiçoando o que já está feito e procurando novas fontes de inspiração. Os pesquisadores podem aproveitar esta época para recolher, confirmar e reorganizar os dados – é frequente nesta altura detectarem-se pequenas incorrecções.

No plano pessoal, é também um momento excelente para fazer uma reflexão sobre os nossos “hábitos mentais” e sobre as motivações que nos impulsionam.

Na área da comunicação, é mais fácil sermos mal-entendidos nesta época; é, por isso, altura de rever as forma de comunicar, com o propósito de aperfeiçoá-la.

São fases óptimas para re-programar o diálogo interno, orientando os pensamentos de forma mais construtiva e criativa.

Se soubermos aproveitar bem as épocas do ano em que Mercúrio se encontra retrógrado, descobriremos que estas nos oferecem a oportunidade de trabalhar, criar e comunicar de forma mais eficiente, profunda e ponderada.

Mas então – podemos argumentar – porque razão é que há sempre dificuldades nas comunicações durante estas épocas?

Na verdade, as dificuldades não provém do movimento retrógrado por si mesmo. Derivam antes do facto de a maior parte das pessoas – por desconhecimento do fenómeno da retrogradação e das possibilidades que

ferece – insistir em prosseguir as actividades direccionadas para o exterior, sem dar espaço às estapas de recolhimento, reorientação e aprofundamento. É desta inadequação que provém as maiores dificuldades.

Isto, no entanto, não significa que se deve “parar tudo” só porque Mercúrio está em movimento retrógrado.

É ponto assente que se trata de fases propícias ao recolhimento e à reflexão. Não serão, portanto, as melhores alturas para iniciar uma actividade ligada à comunicação ou para assinar um contrato importante. Mas isso não significa que qualquer projecto seja à partida mal sucedido. Podemos contar com algumas dificuldades, mas estas não serão necessariamente insuperáveis. Começar uma actividade deste tipo em fase Mercúrio retrógrado é como remar contra a maré: consegue-se chegar ao ponto desejado, mas demora mais tempo e implica um esforço maior.

Um indivíduo sensato procura o momento ideal para iniciar os seus projectos, aproveitando as “marés” indicadas pelos planetas.

Mas se for imperativo que o projecto comece na altura em que Mercúrio está retrógrado, então há que começá-lo mesmo! Basta estar preparado para fazer um pouco mais de esforço e ter maiores cuidados com a comunicação e a troca de informação.

Planetas Retrógrados no mapa natal

Num mapa natal, um planeta retrógrado adquire uma expressão mais introvertida e mais reflexiva.

Isto não é necessariamente mau nem representa qualquer espécie de desvantagem. Trata-se apenas de uma forma de expressão menos visível que ao ser projectada no exterior pode parecer um pouco “trapalhona”.

E os outros planetas?

A retrogradação dos outros planetas, cujo significado não podemos aqui descrever em pormenor, não apresenta efeitos tão claramente visíveis como os de Mercúrio. O porquê deste facto deve-se à própria simbologia do planeta:

Mercúrio é o mensageiro dos deuses, aquele que faz a ponte entre vários mundos. Sempre em movimento, trocando informação a grande velocidade, está ligado à compreensão intelectual, à percepção e à comunicação.

Trata-se portanto de um símbolo perfeito para o mundo actual, onde a troca de informação é da máxima importância – a Internet e os telemóveis são bons exemplos da importância da comunicação na actualidade.

Também os computadores, com a sua enorme capacidade de processamento e catalogação de dados, estão directamente ligados à simbologia de Mercúrio.

Dada a importância dos computadores na vida actual, qualquer alteração ou avaria pode causar grandes transtornos. Os movimentos retrógrados de Mercúrio têm por isso um enorme impacto, no actual mundo informatizado.

Copyright © 2003 Helena Avelar

O Fenómeno da Retrogradação Aparente

No seu movimento orbital aparente, os planetas seguem a ordem zodiacal.

Todos os planetas se deslocam no sentido anti-horário, mas cada um tem uma velocidade diferente. Por este motivo, quando observados a partir da Terra, em determinados momentos podem dar a impressão de se moverem em sentido contrário.

Este fenómeno denomina-se Movimento Retrógrado Aparente.

É o mesmo tipo de ilusão optica que temos quando, numa autoestrada, ultraprassamos um carro mais lento. Apesar desse carro se deslocar na mesma direcção que nós, temos a sensação de que está a andar para trás.

 


Nenhum artigo, tabela ou texto pode ser reproduzido sem autorização expressa do(s) autor(es)

© Copyright 2011, Helena Avelar e Luís Ribeiro